Em caminhada no Sitio Cercado, Goura e Marcos Vieira falam da importância do segundo turno

Em caminhada no Sitio Cercado, Goura e Marcos Vieira falam da importância do segundo turno

Uma das atividades de encerramento da campanha do primeiro turno do candidato a prefeito de Curitiba, Goura 12, foi uma caminhada pelo centro comercial do Sítio Cercado. Acompanhado pelo vereador e candidato à reeleição, Marcos Vieira (12311), Goura conversou com comerciantes e com a população sobre a importância de um segundo turno para que os candidatos possam fazer um debate aprofundado sobre as necessidades de Curitiba para os próximos quatro anos.

“Do jeito que está não dá pra ficar. Queremos discutir Curitiba, coisa que não conseguimos fazer com profundidade nesse primeiro turno porque o atual prefeito se recusou. Em um segundo turno teremos o mesmo tempo de televisão e estaremos em condições de igualdade. Curitiba merece uma discussão séria e responsável”, afirmou Goura.

O vereador Marcos Vieira ressaltou que no Sítio Cercado, um dos bairros mais populosos da capital paranaense e que pertence a Regional Bairro Novo, é visível a ausência do poder público. “Precisamos discutir a cidade. O trânsito aqui na principal via do bairro é intenso e a gente vê a falta de estrutura de mobilidade e segurança para os pedestres e ciclistas. Não temos acessibilidade. A situação é caótica, principalmente nos horários de pico”, frisou Marcos.

Atenção total para saúde

Goura e Marcos também visitaram a UPA do Sítio Cercado, onde falaram da importância da valorização da saúde. Goura lembrou que em plena pandemia o atual prefeito fechou mais de 30 unidades de saúde e vários CRAS (Centro de Referência de Assistência Social).

“É inadmissível em plena pandemia reduzir o acesso da população às unidades de saúde. Aqui na Regional também foi fechada a Maternidade Bairro Novo, que é referência em parto humanizado para todo o Brasil. Foi fechada por uma decisão de cima para baixo, sem a mínima discussão com a comunidade. Isso precisa acabar. A população precisa ser ouvida, precisa ser respeitada”, afirmou Goura.

Marcos Vieira citou que além de funcionários, na UPA do Sítio Cercado faltam medicamentos. “Precisamos de um olhar para a saúde, porque sabemos que é a saúde uma das principais dificuldades da população, é onde mais precisamos de atenção”, reiterou.

O candidato Goura ressaltou que, além do investimento e valorização do Sistema Único de Saúde (SUS), o diálogo e o respeito para com os servidores é fundamental para a garantia de uma saúde pública, gratuita, de qualidade e universal. “É isso que estamos propondo uma administração que faça essa escuta ativa que trate o servidor público de todas as áreas como parceiro, com o respeito que todos e todas merecem”, frisou.

shares
× Fale com o Goura