Goura e Ana conversam com a população na Santos Andrade

Goura e Ana conversam com a população na Santos Andrade

Logo após a “Bicicletada com Goura”, neste domingo (8), que partiu da praça Nossa Senhora da Salete até a Praça Santos Andrade, Goura e sua vice, Ana Moro, conversaram com aproximadamente 100 pessoas na frente da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Temas como agricultura urbana, mobilidade, segurança, educação, cultura, violência contra mulher, entre outros, foram debatidos com os presentes.

Rafael Forsetto e Kiane Assis, diretores do curta-metragem “O que é agroecologia”, sobre os agricultores do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) do assentamento Contestado, localizado na Lapa (PR), estavam lá, e Rafael falou sobre o tema.

“Algumas pessoas não entendem e não sabem a importância do trabalho dos agricultores do MST. O tema da agroecologia precisa ter incentivo e ser debatido, e o Goura percebe isso”, disse o diretor, cujo filme venceu o Concurso Global de Vídeos da Juventude sobre Mudanças Climáticas – TVEBioMovies 2019, promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU).

O tema sobre a volta às aulas nas escolas municipais e estaduais foi questionado pelo público. Goura respondeu que tem defendido que a comunidade escolar deve ter apoio. “A retomada deve ser consciente e muito segura, com todos os protocolos. A imposição das políticas do governo do estado e da prefeitura é contraditória. A retomada deve ser feita com cautela”, disse. Ana Moro completou que as tecnologias devem ser fortalecidas para que as escolas tenham mais estrutura, e que isso está no programa de governo apresentado por eles.

O designer Frederico Westphalen perguntou sobre a questão de sua profissão para o candidato. Goura respondeu que as cidades devem ser planejadas e ter a contribuição dos profissionais e estudantes de Design. “Defendemos, dentro da ideia de participação, que a prefeitura esteja aberta às universidades e tenha políticas de construção de uma cidade mais humana. O design está em tudo: no banco no ponto de ônibus, onde a pessoa possa sentar, num desenho de cicloviário, no conforto e segurança para os pedestres. Temos que ter o design incorporado na gestão pública”, afirmou o candidato.

Ana Moro abordou a questão da violência contra a mulher e disse que na atual gestão não houve nenhuma medida para frear os números crescentes. “É assustador ver como estão aumentando os casos. Vamos ter um olhar especial para isso”, afirmou.

Felipe Kiipper, físico, estava no debate e comentou: “Está na hora de a gente se unir e trabalhar juntos, acho que a cidade está muito dividida. O Goura representa isso, com a ideia que todo mundo pode participar da mesma maneira”, disse.

Foram debatidos também assuntos como economia criativa, integração entre os bairros, pessoas em situação de rua e a questão de ocupações irregulares na cidade.

“Curitiba não pode pensar pequeno, tem que pensar grande. Temos que pensar em políticas integradas: de emprego, renda, abastecimento, proteção aos animais, direitos humanos, saúde, mobilidade e moradia”, finalizou Goura.

shares
× Fale com o Goura