Cobradores e motoristas de ônibus de Curitiba têm apoio de Goura

Cobradores e motoristas de ônibus de Curitiba têm apoio de Goura

Goura se encontrou nesta segunda-feira (9) com trabalhadoras e trabalhadores do transporte coletivo de Curitiba, na região do Bairro Novo, e reafirmou seu compromisso de lutar pelos anseios da categoria, bastante prejudicada por causa da pandemia do Covid-19, e pela viabilização de um sistema de transporte coletivo moderno e integrado com outros modais.

“Os profissionais tiveram os salários reduzidos pela metade pelas empresas, sem que o atual prefeito falasse alguma coisa”, disse o candidato a prefeito de Curitiba pelo PDT. “Nos manifestamos na Assembleia Legislativa em repúdio a esse ato. Temos cobrado transparência e diálogo da URBS (Urbanização Curitiba) e da prefeitura com os trabalhadores e a população”, comentou Goura.

 Defesa da função de cobrador

Goura disse que é contra a aplicação imediata da Lei 15.463/2019 (26/06/19), que prevê a bilhetagem exclusivamente eletrônica no transporte coletivo de Curitiba. “Este assunto preocupa muito os motoristas e cobradores e a nossa proposta é não extinguir a função de cobrador, pelo menos em um curto prazo, por pelo menos 4 anos”, disse.

Segundo informações dos sindicatos da categoria, não há vagas de motoristas para todos os cobradores e alguns deles não conseguem se adaptar a está função. Dentro de um universo de 4 mil cobradores, somente 700 possuem carteira para ônibus. Também não foi feito programa adequado de requalificação e reenquadramento profissional, compromissos que a Prefeitura tem reiterado por vários anos, mas nunca foi efetivo.

O candidato a vereador Eloy Jacintho (12041), do mandato indígena do PDT, também acompanhou a visita e destacou a necessidade de eleger vereadores, como ele, que representem a causa dos trabalhadores do transporte coletivo. “A luta e a causa dos trabalhadores será nossa bandeira dentro da Câmara. Precisamos apoiar a valorização da categoria e dar um basta a todo esse descaso que ela está passando”, disse Eloy.

Goura e Eloy também lembraram da importância de se ter uma candidatura para representar a comunidade indígena.

“Estamos reafirmando também nossa solidariedade à luta dos povos indígenas, o combate ao preconceito e ao racismo que ainda existem em Curitiba. Mesmo Curitiba e Paraná sendo palavras indígenas, mesmo a nossa cultura alimentar tendo origens indígenas, não se reconhece que os indígenas devam ser respeitados e valorizados. Devemos ter políticas de ações afirmativas para os povos originários em Curitiba”, destacou Goura.

shares
× Fale com o Goura